Saturday, June 30, 2007

Sal Sem Sangue





Voce quis ser transparente
Como o sal
Sal não tem sangue
Por isso e' cristal
Mineral
Frio
Salgado
E boçal

Voce e' quente animal
Não sabe ser cristalino
Nem que fosse aquele menino
Que mataram no carnaval

No teu sangue tem sal
O sal nao tem sangue
Tenho que dizer isso
Mesmo que voce se zangue:

Voce não nasceu debaixo do sol
Por isso não pode ser sal

Apodreces debaixo do ceu
Por isso eres homem

Assassinastes um menino
Pobre vadio

Ele era um prisma da sociedade
Por isso vivia so' vagando pela cidade

O sangue dele fertilizou aquela calçada
Em frente daquela igreja

Para que agora todo mundo veja
BBC, CNN, Globo e SBT

Aquele sangue cristalino
Como sal

Debaixo do sol
Apodrecer

Debaixo do ceu
Evaporar

(Arraial do Cabo - 1994)

1 comment:

Alex Vorn said...

hi! Cool blog!
The best!